quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Por Alfredo Brites




10 coisas estranhas que só pessoas apaixonadas fazem.


Quando as pessoas se apaixonam, acabam fazendo algumas coisas estranhas sem nem perceber. Será que você também é assim? Confira 10 atitudes comuns, listadas pelo site Bustle!
1
Começa a adotar manias parecidas com a do outro

Inconscientemente, os apaixonados começam a agir como o outro, adotando suas manias, expressões.
2
Abre-se a novas experiências que nunca considerou antes

Jurou que não teria filhos, nunca dançaria com alguém no palco e nem viveria em um lugar diferente? Quando se apaixonam, muitos passam a considerar e a fazer coisas que nem imaginavam.
3
Verifica os perfis das redes sociais do outro várias vezes ao dia

Isso não quer dizer que esteja procurando algo em particular, mas é a forma mais próxima de ter o outro por perto a toda hora.
4
Pensa e vê o outro em todo lugar

Mesmo se vocês estão em estados ou cidades diferentes, todo estranho começa a se parecer com o outro. Basta ouvir uma música qualquer para se lembrar do parceiro. Todo filme tem algum personagem que se parece com o outro.
5
Lembra-se de todos os detalhes compartilhados sobre a vida do outro

Os apaixonados lembram tudo, incluindo o nome do primeiro namorado do outro, o local onde nasceu, a rua onde cresceu. E sempre querem saber mais sobre a personalidade e a história do outro.
6
Não tem problemas com as funções corporais do outro

Se a pessoa amada está vomitando, vai querer ajudá-la, inclusive a limpar a sujeira.
7
Analisa competência como pai/mãe

Quem está apaixonado analisa como o outro interage com crianças, quais possíveis nomes combinam com seus sobrenomes. Talvez até tenha imaginado como serão os seus futuros filhos juntos.
8
Analisa muito as interações com amigos

Os apaixonados querem realmente saber o que o parceiro quis dizer ao falar algo totalmente normal ao amigo, porque sempre acham que pode significar algo a mais que não entenderam.
9
Torna-se muito consciente de cada movimento próprio

Isso ocorre porque os apaixonados se perguntam se o outro percebe cada movimento deles e temem que qualquer pequena coisa possa acabar com a relação.

Liga para a mãe para contar sobre o outro

Quando as mães são envolvidas, sinal de que é algo sério. Os apaixonados costumam querer ligar para elas e contar sobre a nova pessoa maravilhosa que conheceram.

Canhotos num mundo feito para os destros.

 iG São Paulo
Ser canhoto já foi muito mais difícil do que apenas driblar os pequenos obstáculos do cotidiano. Ao longo da História, a pessoa mais habilidosa com mão esquerda do que com a direita já foi relacionada à bruxaria, à má sorte e sofria preconceito em quase todas as culturas. 
A medicina moderna ajudou a derrubar as ideias falsas e provou as muitas vantagens que essa minoria da população tem. Estima-se que 10% das pessoas em todo o mundo são canhotas e que elas se superam dos destros em vários aspectos. O Dia Internacional do Canhoto, comemorado no dia 13 de agosto.
Bom no esporte - Como os atletas são destros na grande maioria, eles não estão acostumados a lidar com quem usa o lado esquerdo e acabam surpreendidos por golpes, lances e chutes de onde não esperam. 
Verdadeiro gênio - Canhoto tem chance maior de ser gênio ou de ter QI alto. Pesquisadores ainda não sabem o motivo, mas especula-se que isso acontece porque o canhoto é obrigado a usar os dois lados do cérebro com mais frequência do que o destro, fazendo com que processe mais facilmente uma grande quantidade de informações.
Mais rico - De acordo com estudos, os homens habilidosos com a mão esquerda que frequentaram a universidade ganham 13% mais do que os colegas destros. Curiosamente, os resultados são bastante diferentes para as mulheres, já que as canhotas ganham 5% menos do que as destras.
Boa visão subaquática - Por mais estranho que possa parecer, um dos benefícios de ser canhoto é ver melhor do que os outros quando está debaixo d'água. Embora essa vantagem não seja tão relevante para a maioria das pessoas, pode ser útil para quem gosta de nadar. 
Raciocínio rápido - Outra vantagem de ser canhoto é pensar com mais agilidade e ter facilidade em ser multitarefa. Pesquisadores descobriram que os dois lados do cérebro trabalham mais rapidamente em quem é hábil com o lado esquerdo.
Boa memória -  Alguns canhotos têm a memória mais aguçada. No entanto, tal característica não é unanimidade entre eles; estudos recentes sugerem que aqueles que vêm de famílias de canhotos tendem a ter memórias mais potentes.
Nerds dos games -  Uma pesquisa mostrou que os canhotos têm mais estímulos tornando-os naturalmente melhor na hora matar zumbis, jogar tênis virtual ou lutar contra alienígenas no mundo dos videogames.
Melhor recuperação - Canhoto vítima de derrame cerebral pode recuperar-se mais rápido do que uma vítima destra. Pesquisadores acreditam que isso aconteça porque o canhoto é mais capaz de aprender a usar a mão não dominante e por isso seria mais fácil se recuperar de um acidente vascular cerebral que prejudica uma parte do cérebro. 
Criativo - O canhoto tem mais facilidade com o visual do que com a linguagem, e essa característica é comum aos artistas. Na lista de grandes nomes da arte que são canhotos estão Leonardo da Vinci, Michelangelo, Raphael e Rembrandt.
Bom no volante - Uma pesquisa feita em uma autoescola descobriu que 57% dos canhotos conseguiram passar pelo exame de condução na primeira tentativa contra os 47% destros.
 Viagra feminino foi aprovado nos Estados Unidos.


O primeiro medicamento para estimular a libido feminina, a flibanserina, foi aprovado pela FDA, a agência reguladora de alimentos e remédios nos Estados Unidos. Essa é primeira vez que as mulheres com baixo interesse sexual têm uma alternativa para tratar o problema. O nome comercial do remédio será Addyi.
De acordo com os documentos oficiais da FDA, as mulheres que usaram o remédio no período de um mês afirmaram ter, em média, 4,4 experiências sexuais satisfatórias. O grupo que tomou placebo relatou uma média de 3,7. O medicamento é destinado para mulheres que ainda não entraram na menopausa.
As propriedades da molécula da flibanserina foram descobertas acidentalmente, durante testes para remédios antidepressivos. Uma situação semelhante havia já ocorrido com o Viagra masculino -- a pílula azul fora inicialmente desenvolvida para combater a hipertensão.
Desenvolvida pelo laboratório Sprout Pharmaceuticals, a flibanserina já havia sido rejeitada duas vezes pela FDA. A primeira desaprovação ocorreu em 2010 e, posteriormente, em 2013. A agência alegara que a eficácia do remédio era muito modesta em comparação aos efeitos do grupo que tomou placebo.
A grande dificuldade da ciência em encontrar um medicamento para resolver os problemas das mulheres reside na complexidade da sexualidade feminina. Considerado mais subjetivo, o desejo feminino depende de elementos que não são apenas sexuais, como humor, estresse cotidiano, bem-estar, confiança e atração pelo parceiro.
A flibanserina tem um mecanismo de ação completamente diferente do Viagra. O comprimido azul age apenas localmente, com o aumento do fluxo sanguíneo para o pênis para estabelecer e manter uma ereção. Outra diferença em relação à pílula dos homens é que a flibanserina não funciona de forma imediata. As mulheres que receberem a prescrição deverão ingerir o comprimido todas as noites antes de dormir por, pelo menos, quatro semanas até sentirem os primeiros efeitos positivos. O auge da melhora só ocorre após dois meses de tratamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário